16 de julho de 2010

MULHERES CUIDEM-SE!!!!

Acompanhamento desde a puberdade é fundamental para saúde da mulher

Desde o momento de sua primeira menstruação, a saúde da mulher merece uma atenção especial e cuidados junto ao seu ginecologista. Observação permanente e exames de rotina, além de promoverem o autoconhecimento, podem prevenir doenças sérias e evitar dores de cabeça posteriores.

De acordo com a ginecologista Luciana Crema, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), além de exames ginecológicos, o médico ginecologista é o responsável, na maioria dos casos, por uma triagem geral da saúde da mulher.

"É muito importante acompanhar hormônios, o colesterol, a concentração de glicose no sangue, e isso em todas as idades, desde que começamos a frequentar o ginecologista. Já no caso de mulheres que estão entrando na menopausa, e para isso não há uma idade padrão definida, o ginecologista deve acompanhar também a densitometria óssea, para prevenir a osteoporose".

Nódulos no seio, percebidos por meio do autoexame, secreção espontânea nos seios, aumento de volume abdominal e anormalidades no fluxo menstrual com o qual a mulher está acostumada são, segundo Luciana, os pequenos sintomas que merecem mais atenção. "Nesses casos, a mulher deve procurar o seu médico para que ele diagnostique qualquer alteração e defina o tratamento adequado o mais breve possível", afirma a ginecologista.

Menstruação

Depois da menarca, como é chamada a primeira menstruação, toda mulher deve procurar o acompanhamento ginecológico. De acordo com Luciana, a menstruação deve ocorrer a partir dos 9 anos de idade (antes disso ela é considerada precoce) e não tem idade máxima, apesar de ser considerada atrasada depois dos 17 anos.


Ultrassonografia

Não há um consenso sobre quando a mulher deve começar a fazer ultrassonografias. Para Luciana, a demanda do exame varia de caso a caso. "O ultrassom não é um exame preventivo, mas um exame diagnóstico, já que ele identifica um problema que já existe. Neste caso, ele é indicado pelo médico quando há algum indício de alteração", diz a especialista.

Vale lembrar que o ultrassom pélvico pode ser feito em mulheres que ainda não iniciaram sua vida sexual. Já o ultrassom endovaginal deve ser feito apenas em mulheres com a vida sexual ativa.

Mamografia

Mulheres com antecedentes de câncer de mama, câncer no ovário ou lesões na mama, como uma batida forte, por exemplo, devem começar a fazer a mamografia a partir dos 35 anos. De acordo com Luciana, aquelas que não tem histórico familiar dessas doenças devem realizar mamografias a partir dos 40 anos, no mínimo de dois em dois anos.

"Uma mama muito nova ainda tem pouca gordura e muito tecido mamário, por isso, a leitura da mamografia fica mais difícil em pacientes mais novas. Com uma maior quantidade de gordura, como em uma mama de uma mulher a partir dos 35 anos, a mamografia é mais adequada", explica.

Fonte: G1

TODA MULHER DEVE SE CUIDAR, FAZENDO SEUS EXAMES PERIÓDICOS!!! AMEM-SE♥!

2 comentários:

Kakau4ever disse...

Realmente temos que nos cuidar smp, as x a correria deixa a saúde de lado neah? mas smp é bom passar em tudo e verificar ...bjoks flor

Cristin disse...

Que post bacanaa!!!
É isto mesmooo...mulher tem que se cuidar!
Bj bonita